quinta-feira, 2 de abril de 2015

Coluna SNACK BAR - O Lado B da Humanidade: CINE ARTE POSTO 4: SONHOS EM MOVIMENTO




            Ao final do inverno de 2012, o Cine Arte Posto 4, do Gonzaga, em Santos, exibiu “Sonhos em Movimento”. Um documentário alemão que, em 2010, lançado foi. E que é dirigido por Anne Linsel e Rainer Hoffman. Tratando da última montagem que a renomada coreógrafa “Pina Bausch” fez de um espetáculo de dança de sua autoria. Com o nome de “Kontakthof” – ou “Zona de Contato”. Originalmente, apresentado em 1978. Depois, em 2000, reencenado por um elenco da terceira idade. E, em 2008, enfim encenado por uma trupe de adolescentes – já que, em 2009, Bausch faleceu.
            Todavia, o espetáculo foi escrito para adultos. Estilizando o cotidiano de uma “Casa de Tolerância”. Com a química que escorre da interação entre “liberdade” e “libertinagem”. Assim, expondo seu elenco a mais informação do que era capaz de digerir. Visto que, por vezes, há um que toca em outro, gosta da pele, ostenta esse contentamento e lida com a culpa de não dissimular o que sente. Em um autoflagelo. Pois responde à sociedade contemporânea. Que – a fim de que uma menina não chegue “barriguda” em casa, ou um menino não tenha que nutrir outro antes ter onde cair morto – os contaminou com o “vírus do medo”. Sem se importar com o fato de que alguns não se curarão da “doença” e outros são imunes a ela.
            Trazendo a ideia de que, talvez, se evitaria isso com o resgate de antigos costumes. Como quando o líder de uma família promovia o rito de iniciação sexual do varão novato ao encaminhá-lo a uma profissional do ramo. Com isso, automaticamente, distribuindo os conhecimentos da cuja entre as fêmeas de uma geração.









Todavia, há um ditado que afirma o seguinte: "a boa mulher é aquela que perdeu a virgindade e manteve a classe". Contudo, como é possível manter a "classe" se se cultua o axioma que prega que "o aspecto proveitoso da fidelidade é que ela comprova o quão prazerosa é a promiscuidade"? 
Simples: criando uma sociedade paralela. Em que a distorção social transforma a fraqueza em virtude.
Assim, um grupo de misses embarcou em uma cruzada contra a real razão de seu fracasso: a competência alheia. E se deparou com o sucesso da incompetência: ou seja, o acaso.
 
A Quadrilha das Misses Assassinas*
(*disponível nas melhores bancas e livrarias)

http://www.clubedeautores.com.br/book/124263--A_Quadrilha_das_Misses_Assassinas

NOTÍCIAS...

No sábado, dia 21 de outubro de 2017, às 01:00pm, ocorrerá a Palestra sobre Culinária Japonesa - cujo tema é Sushi ; e será ministrad...

JORNAL "O MOCHILEIRO" - receba os artigos do blog mais sacana da paróquia em seu e-mail.

INVISTA NO NOSSO BLOG, ADQUIRINDO OS PRODUTOS AQUI ANUNCIADOS.